Arquivo da categoria: Sabugal-V.N.Foz Côa

Sabugal-Vila Nova de Foz Côa – PT

IMG_9155

Este percurso que partilho é a primeira parte de um passeio de 5 dias que se realizou entre a Beira Alta (com inicio no Sabugal) e se estendeu por Trás os Montes, acompanhando parte do Rio Douro até Vila Nova de Foz Côa, subindo depois o Rio Sabor até Sandem (perto de Alfandega da Fé, já na Serra de Bornes). Posteriormente dirigiu-se para Este novamente na direcção do Rio Douro perto de Mogadouro e acompanhando o Rio no sentido Norte/Sul teve o seu término em Barca d´Alva.

Nesta primeira parte o nível de dificuldade é baixo, visto o mesmo decorrer num planalto, não havendo por isso dificuldades acrescidas. É pois possível realiza-lo de SUV.

É possível aceder ao track em:

http://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=11202234

Infelizmente foi um fim de semana muito chuvoso com alerta laranja, pelo que as fotos podem não ser plenamente demonstrativas das belas paisagens desta zona de Portugal.

Mas ei-las…

._.

IMG_9031

Almeida
Almeida

A lindíssima Vila de Almeida, conhecida como a “Estrela do Interior” devido à sua fortaleza com a sua forma de estrela de doze pontas. É considerada como um dos mais espectaculares exemplares europeus dos sistemas defensivos abaluartados do século XVII. Há muito a descobrir e muito por onde nos perdermos. Infelizmente a forte chuva desencorajou-nos de conhecer de uma forma mais completa esta belíssima Vila.

Gostaria de deixar uma nota muito positiva para o Hotel Fortaleza de Almeida.

Mesmo sem reserva, fomos optimamente recebidos e revelou-se a escolha acertada.

http://www.hotelparadordealmeida.com

Algumas fotos de Almeida

No dia seguinte partimos no sentido de Castelo Rodrigo… O mau tempo esse acompanhou-nos.

IMG_9110

IMG_9120

IMG_9126

Chegada a Castelo Rodrigo e alguns pormenores.

Saindo de Castelo Rodrigo a paisagem começa a alterar-se, entrando numa zona mais montanhosa e que antecipa a chegada ao Vale do Rio Douro. Começam a surgir grandes olivais que posteriormente dão lugar às vinhas do Douro.

IMG_9149

IMG_9155

IMG_9160

IMG_9163

Já nas margens do Douro em Barca d´Alva tempo para retemperar forças. Pajero em modo T0.

IMG_9175

Descobri em Barca d´Alva algo que me despertou a curiosidade. Visto a linha férrea estar desactivada, é possível a partir da Foz do Rio Côa fazer a pé o percurso outrora realizado pelo comboio… Há track no wikilock e tudo… é só procurar 🙂

Seguidamente dirigi-mo-nos para Castelo Melhor. Pelas vinhas!

IMG_9169

IMG_9164

IMG_9199IMG_9205

Em Castelo Melhor existe um Centro de Recepção a todos aqueles que desejem conhecer as gravuras rupestres do Vale do Côa. As visitas são guiadas, têm um custo de 10€ por pessoa e têm que ser marcadas com antecedência.

No nosso caso, visto não termos agendado com antecedência e devido à hora tardia, não nos foi possível ter uma visita guiada.

Toda a informação em;

http://www.arte-coa.pt/index.php?Language=pt&Page=Gestao&SubPage=Fundacao

Partindo de Castelo Melhor fomos no sentido de Vila Nova de Foz Côa passando pela começada e nunca acabada barragem. Parte da infraestrutura ainda se mantém e está completamente votada ao abandono.

IMG_9220

Chegada à Foz do rio Côa no ponto em que reúne ao Rio Douro.

IMG_9222

E como ainda havia alguma luz e um “trackzito” até Muxagata e à Canada do Inferno… fomos dar um passeio, sempre debaixo de chuva.

Fim da primeira parte com dormida em Vila Nova de Foz Côa.

IMG_9260

Boas Navegações.