Arquivo da categoria: Pontes Romanas Ribeira Isna

Pontes Romanas da Ribeira d´Isna – PT

IMG_7360

Este post é referente à segunda parte do passeio que teve inicio em Alenquer e terminou em Vila de Rei. Pode ver a 1ª  parte Aqui

Esta 2ª parte recai especificamente sobre o percurso compreendido entre Vilar do Ruivo na barragem de Castelo de Bode e Vila de Rei, dirigindo-se no sentido Oeste-Este.

É um percurso fácil com diversos pontos de interesse todos ligados à Ribeira de Isna, entre eles; Ponte Romana de Palhais, Ponte Romana da Cova do Moinho, Barragem de Isna, Ponte romana Ribeira da Tamolha, Praia Fluvial do Marmeleiro, Ponte dos 3 Concelhos e Praia Fluvial dos Cardigos. Termina bem no centro de Portugal no Marco Geodésico de Vila de Rei.

No descritivo do track pode encontrar informação especifica quanto a zonas de dificuldade mais elevada. O mesmo encontra-se em;

http://pt.wikiloc.com/wikiloc/spatialArtifacts.do?event=setCurrentSpatialArtifact&id=9322669

Barragem de Castelo de Bode perto a Fernandeires
Barragem de Castelo de Bode perto a Fernandeires
Contornando a Barragem. É visível o estado de limpeza dos acessos.
Contornando a Barragem. É visível o estado de limpeza dos acessos.
ribeira de Isna perto de Vilar do Ruivo
Ribeira de Isna perto de Vilar do Ruivo
Acesso à Ponte "Romana" de Palhais
Acesso à Ponte “Romana” de Palhais
Ponte "Romana" de Palhais
Ponte “Romana” de Palhais

O leitor deve perguntar-se porque tenho colocado Romana entre parênteses… Eis a explicação.

http://www.guiadacidade.pt/pt/poi-ponte-romana-de-palhais-14718

Ponte ” Romana ” de Palhais

 – Entre Vilar de Ruivo e Palhais existe uma ponte que atravessa a ribeira da Isna e que dá pelo nome de Ponte da Atalaia. Esta ponte começou a ser construída no ano de 1889 e serviu para unir as povoações do Vilar do Ruivo e de Palhais. Num esforço conjunto dos habitantes de ambas as localidades, esta ponte de “configuração romana”, ganhou forma e permitiu a travessia em segurança de pessoas, animais e transportes de carga – animais de carga, carroças e carros de bois. Recentemente foi alvo de obras e foi aberta uma estrada do lado de Palhais que lhe permite um melhor acesso. Ao mesmo tempo, foi colocada uma pequena placa que indica o caminho para a “Ponte Romana”.
._.
._.
Mesmo à medida
Mesmo à medida
._.
._.
._.
._.
Acesso à Ponte Romana da Cova do Moinho
Acesso à Ponte Romana da Cova do Moinho
Para os practicantes de Geocache... aqui há caixinha.
Para os practicantes de Geocache… aqui há caixinha.

http://turismo.cm-serta.pt/turismopt/natureza-e-lazer/geocaching/ponte-romana-da-cova-do-moinho-cumeada

._.
._.
._.
._.
._.
._.
Já a caminho da Barragem de Isna
Já a caminho da Barragem de Isna.
Barragem de Isna
Barragem de Isna.
._.
._.
Ponte Romana da Ribeira da Tamolha
Ponte Romana da Ribeira da Tamolha ou da Várzea Carreira

Ponte da Várzea Carreira

Os dados relativos à sua origem são pouco claros. Alguns historiadores defendem que terá sido construída entre os séculos I e IV, sendo depois reconstruída nos séculos XIII e XIV (há um documento que refere que o arranjo da ponte terá custado 19.000 réis).

Do que não temos dúvidas é de que esta ponte foi durante muitos anos a principal via de ligação entre os concelhos da Sertã e de Vila de Rei, aqui circulando vários veículos diariamente.

A Ponte da Várzea Carreira (também conhecida como Ponte da Tamolha) está sustentada por seis arcos plenos, que apresentam diâmetros aproximados. Está ainda dotada de “cinco talhamares interrompidos de secção semicircular e situados a montante”, segundo nota do IGESPAR.

._.
._.
Ribeira da Tamolha
Ribeira da Tamolha
._.
._.
Praia Fluvial do Marmeleiro
Praia Fluvial do Marmeleiro
._.
._.
._.
._.
Self Explanatory
Self Explanatory
._.
._.
._.
._.
._.
._.
Parte final no topo da montanha pode ver-se o marco Geodésico de Vila de Rei
Parte final no topo da montanha pode ver-se o marco Geodésico de Vila de Rei.
Picoto da Melriça
Picoto da Melriça

IMG_7377

 

Boas Navegações!